A Identidade Jovem, ou simplesmente ID Jovem, é o documento que possibilita aos brasileiros com menos de 30 anos acesso aos benefícios de meia-entrada em eventos artístico-culturais e esportivos, além de vagas gratuitas ou com desconto no sistema de transporte coletivo interestadual.

Ele existe no formato impresso e também via aplicativo, até então disponível apenas para o sistema operacional Android. De acordo com a Secretaria Nacional de Juventude, em breve deverá ser acessível via IOS e Windows Phone.

Para obter uma ID Jovem é preciso ter entre 15 e 29 anos, ser pertencente à família com renda mensal de até dois salários mínimos e estar inscrito no Cadastro Único do Governo Federal, com informações atualizadas há pelo menos 24 meses. Não é preciso ser estudante para ser beneficiário.

Para incluir ou atualizar os dados, e não ficar de fora, procure o Centro de Referência de Assistência Social (Cras) ou o setor responsável pelo Cadastro Único da sua cidade.

Ainda é importante saber o seu Número de Identificação Social (NIS). Ele pode ser encontrado em seu Cartão Cidadão, no extrato do FGTS ou na sua Carteira de Trabalho.

Com a ID Jovem fica assegurado o pagamento de meia-entrada – 50% do valor cobrado no ingresso ao público em geral – em eventos artístico-culturais e esportivos.

São reservadas, por viagem, duas vagas gratuitas em cada veículo, comboio ferroviário ou embarcação do serviço convencional de transporte interestadual de passageiros 

Para obter o documento, acesse a página oficial do sistema e preencha dados como nome completo, nome da mãe, e-mail, telefone e NIS. É preciso, por fim, anexar uma foto. 

Emitir ID Jovem

Mais informações sobre ID Jovem podem ser encontradas no Decreto 8.537/2015 e na Lei nº 12.852/2013.

Fonte: Governo do Brasil, com informações da Secretaria Nacional de Juventude