Por muito tempo o abacate foi considerado um verdadeiro inimigo da alimentação, visto como uma fruta gordurosa e calórica. No entanto, hoje já se sabe que as gorduras encontradas no abacate, mesmo sendo calóricas, são responsáveis pela redução dos níveis de colesterol e triglicerídeos no organismo, podendo prevenir doenças cardíacas e até o câncer.

Benefícios do abacate

O abacate pode agir como anti-inflamatório natural e antienvelhecimento, além de reduzir os níveis de glicose no sangue diminuindo o estresse. A ação anti-inflamatória que a ingestão do abacate proporciona é graças a vitamina E. Outra substância importante encontrada na fruta é o beta sitosterol, responsável no controle do hormônio do estresse, o cortisol. Além disso, ajuda na hidratação adequada da pele e dos cabelos.

Também é uma fruta calórica e rica em lipídeos: 77% das calorias no abacate são de gordura. No entanto, as gorduras presente nesse alimento são de alta qualidade, se assemelhando às propriedades físico-químicas do azeite de oliva. A maior parte da gordura presente no abacate é ácido oleico. Este é um ácido graxo monoinsaturado, que tem sido associado à inflamação reduzida e tem demonstrado efeitos benéficos sobre os genes ligados ao câncer. O óleo de abacate apresenta diversos compostos bioativos, possuindo carotenóides, ácido ascórbico, compostos fenólicos, tocoferóis, fitoesteróis, entre outros. O abacate é rico em:

  • Cálcio
  • Potássio
  • Vitamina C
  • Fósforo
  • Manganês
  • Magnésio
  • Lipídios
  • Ferro
  • Cobre
  • Zinco
  • Vitamina E
  • Vitamina A (4, 5)

Como consumir o abacate para emagrecer

O abacate pode aumentar a produção de GH, o hormônio do crescimento, que auxilia a formação de músculos. Estes, por sua vez, gastam mais calorias, principalmente se consumido à noite, quando há pico na produção desse hormônio. A quantidade que deve ser consumida para obter o benefício é de uma a três colheres do fruto. O abacate pode ser ingerido de 2 a 3 vezes por semana, sozinho ou como complemento de outras refeições, como saladas ou lanches, desde que seja respeitada a quantidade de 100g do fruto. (2, 5)

Abacate com torrada é boa opção para ter energia

Essa dupla ficou famosa e virou mania em alguns lugares do mundo, como uma refeição saborosa e muito nutritiva. A torrada é um alimento rico em carboidrato, que pode ser substituído pela tapioca ou pela versão da torrada sem glúten no caso de intolerantes. Já o abacate é fonte de gordura boa, que gera energia e saciedade. No entanto para melhorar ainda mais essa combinação, é importante incluir um alimento rico em proteínas, como clara de ovo mexida, queijos magros ou até mesmo uma dose de whey protein (como opção líquida para complementar o lanche). A quantidade de cada um desses alimentos citados irá depender do protocolo alimentar de cada pessoa.

 Fonte: Site Minha Vida