“Estes dias reanimam em nós a grande esperança: Cristo crucificado ressuscitou e venceu o mundo. O amor é mais forte que o ódio, venceu e devemos associar-nos a esta vitória do amor”. (Papa Emérito Bento XVI)

Momento propicio para nós fazermos uma reflexão se realmente estamos deixando o amor reinar em nossa vida, ou se o que está prevalecendo é o ódio, o individualismo, a arrogância, ganância e a prepotência.

Jesus é o maior exemplo de amor que existe, ele deu sua vida por nós. Somos chamados a seguir esse exemplo de amor, humanidade e fraternidade um para com os outros não só nessa data, mas durante nossa vida. Imagine como seria o mundo se cada pessoa doa-se alguns minutos do seu tempo para fazer o bem, certamente, seria um lugar muito melhor.

“O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha. Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor”. (1 Coríntios 13:4-5)