O Projeto A Voz da Juventude do Centro de Apoio à Criança (ONG CEACRI) em parceria com a Escola Edimar Martins da Cunha, é semifinalista na 13ª edição do Prêmio Itaú-Unicef.

O Prêmio Itaú-Unicef é uma iniciativa do Itaú Social e do UNICEF – Fundo das Nações Unidas para a Infância, com coordenação técnica do CENPEC – Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária.

O Prêmio visa identificar, estimular e dar visibilidade aos projetos realizados por Organizações da Sociedade Civil (“OSCs”) que contribuem para garantir o desenvolvimento integral de crianças, adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade social.

O Projeto “A Voz da Juventude” colabora com a formação dos grupos e redes de jovens destinados participação sociocultural, fortalecendo a identidade, o desenvolvimento de competências para a compreensão crítica da realidade social e da participação cidadã.

Realizado em parceria com as Escolas Edimar Martins e Franklin Távora e mais as organizações colaboradoras PACC Palmatória, PAF Caio Prado, PECS Itans. ACATE Travessia e APSFC em Candéia (Baturité), com os seguintes objetivo:

– Contribuir para o fortalecimento da identidade pessoal e coletiva dos jovens, assim como o fortalecimento vínculos familiares e comunitários.

– Contribuir para a formação e fortalecimento de grupos e redes de jovens para estimular a troca de experiências, o diálogo e a participação social, propiciando o reconhecimento social do potencial de criação e inovação da juventude.

– Envolver os jovens nos processos de definição e execução do orçamento público destinado às políticas voltadas para as juventudes.

Em outubro acontecerá o anuncio dos finalistas e em novembro será a vez de conhecer os ganhadores nacionais.