Nesta terça-feira, dia 20, na Secretaria de Educação, aconteceu reunião para tratar sobre articulação para execução de projetos firmados na parceria entre a Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB), a Incubadora Tecnológica de Economia Solidária (Intesol) com o Prefeitura de Itapiúna. A cidade será beneficiada com cursos, oficinas e com projetos implementados dentro do Município, e poio a gestão, uma parceria enriquecedora para Município.

Na ocasião esteve presente a Dra. Clébia Mardônia, professora da UNILAB e coordenadora da INTESOL, o prefeito Dário Coelho, primeira Dama Ginna Kitteria, Secretário de Educação Arnaldo Araújo, representando a Secretaria de Assistência Social Weyber Queiroz, articuladora da parceria e aluna do curso de administração pública na Unilab Rochely Ferreira.

Na oportunidade prefeito Dário assinou e elegeu dois representantes a estarem representando o município no Colegiado de Desenvolvimento Territorial do Maciço de Baturité (Codetemb), foi escolhido Dr. Campelo (Secretário de Desenvolvimento Rural) e Keyvyany Jucá (da Secretaria de Educação), suplentes Junior e Jeferson.

INTESOL

A Incubadora Tecnológica de Economia Solidária (Intesol) foi implantada na Unilab em 13 de dezembro de 2013, projeto CNPq/MTE, chamada 49999/2013-0 e, representa uma das contribuições da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-brasileira (Unilab) para a inclusão produtiva e gestão social pautada nas concepções da economia solidária e do desenvolvimento territorial. Vem contribuindo, especialmente, para a educação e formação e o desdobramento de tecnologias sociais voltadas ao desenvolvimento territorial objetivando atender a comunidade interna e principalmente, externa no que concerne ao escoamento de resíduos de pesquisas, a formação em economia solidária, educação ambiental, administração e comunicação, arte e cultura, organização da produção solidária, comercialização solidária, consumo ético e solidário, o apoio e orientação na geração de tecnologias sociais, finanças solidárias, incluindo nessa última, além dos processos formativos a orientação para o fomento.